Connect with us

Músicos britânicos reagem a saída da União Europeia

Notícias

Músicos britânicos reagem a saída da União Europeia

Com 52% dos votos, o Reino Unido vai sair da União Europeia, após o voto noLeave ter conquistado a maioria. Os resultados começaram a provocar indignação desde o momento em que foram revelados, muito por a percentagem de idosos a votar ter sido maioritária e os jovens mais uma vez terem deixado de fazer algo pelo seu futuro, entre a população com mais de 65 anos, o Remain obteve apenas 39% dos votos. As consequências já se vêem com o caos nos mercados, com a libra a cair para mínimos históricos.

A indústria musical lamenta, na sua grande maioria, o resultado da votação. Um dos primeiros a comentar foi o guitarrista Johnny Marr, no Twitter, que escreveu “nunca estive tão feliz por estar na minoria”.

Ed Simons, dos Chemical Brothers, que atuam em Portugal no próximo dia 7 de julho, no NOS Alive, disse estar “incrédulo, triste, assustado e zangado”, criticando também a posição de vários séniores “Cenas incríveis: velhos estúpidos a proclamar vitória enquanto as suas poupanças desaparecem. Idiotas”, escreveu.

Olly Alexander, dos Years & Years, usou uma única palavra com um enorme significado “f***-se”.


Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais em Notícias

To Top