Beck cria álbum inspirado na energia dos festivais de verão

By  |  Comentários


Os fãs do Beck já devem ter percebido que, desde o lançamento de Morning Phase, em 2014, o artista tem vindo a aventurar-se em campos cada vez mais eclécticos.

O single “Wow”, lançado há alguns meses, já indicou que o próximo disco de Beck deve vir carregado de Eletro e Synth pop e, em entrevista à Rolling Stone, o músico deu mais detalhes sobre o processo envolvido no novo trabalho. Beck afirmou que o disco já estava a ser realizado há três anos, antes do lançamento de Morning Phase, falou também sobre as dificuldades em se concentrar num som específico. Depois de ganhar o Grammy de Álbum do ano em 2015, o cantor afirmou que deitou fora boa parte do que havia planeado para o novo álbum.

Greg Kurstin, produtor conhecido por trabalhar com estrelas como Adele e Sia, ajudou Beck a encontrar uma identidade para o disco. Os dois já haviam trabalhado juntos no passado, sendo que Kurstin tocou na banda de apoio de Beck no começo dos anos 2000. Desta vez, Beck e Greg uniram forças para, não só produzir, como também compor as músicas juntos.

O músico afirmou que, para o novo álbum, teve como inspiração o entusiasmo que é sempre visível nos festivais de verão e nos mais jovem que os frequentam. Baseou-se ainda na energia de bandas como The Strokes, com as quais tocou algumas vezes no ano passado.

“É uma noite de verão, as pessoas estão com as mãos para cima, é algo comemorativo, popular. Eu queria colocar isso em estúdio, uma espécie de energia ou alegria”, disse à Rolling Stone. Algumas das faixas do novo disco chamam-se “Seventh Heaven”, um hino sobre os assuntos do coração e “No Distractions”, a que Rolling Stone descreveu como algo bem dançante e similar a Talking HeadsO novo álbum do cantor será lançado no dia 21 de Outubro pela Capitol Records. 

Sugestões